Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Messi’

Redação ABC

Messi é o primeiro argentino vencedor do prêmio da Fifa

O prêmio concedido pela Fifa não poderia ter outro vencedor em 2009. A brilhante temporada realizada pelo argentino Lionel Messi tornou “fácil” a vitória para o troféu mais desejado para jogadores do mundo da bola.

A cerimônia acorreu nesta segunda-feira (21), às 17h (horário de Brasília), em Zurique, na Suiça.

Lionel Messi venceu na disputa seus companheiros de Barça, os espanhóis Xavi e Iniesta, e o brasileiro Kaká e o português Cristiano Ronaldo, ambos do rival Real Madrid.

O ano de 2009 foi perfeito para o craque argentino. Lionel foi campeão seis vezes pelo Barcelona e ganhou a Bola de Ouro, famoso troféu concedido pela revista France Football.

Futebol feminino

A “Rainha do futebol”, Marta, foi coroada mais um vez pela Fifa. A jogadora recebeu o troféu de Melhor do Mundo pela quarta vez.

Com o novo título, Marta se tornou recordista no prémio. Agora com quatro consecutivos, a brasileira ultrapassou a alemã Birgit Prinz, que tem três troféus.

A craque do Brasil foi eleita pelos votos de capitães e técnicos de seleções nacionais femininas de todo o mundo.

Prêmio Puskas e Seleção FifaPro

A Fifa inovou em 2009. A entidade decidiu premiar o autor do gol mais bonito da temporada e o “time dos sonhos”. No Prêmio Puskas foram 10 os concorrentes, entre eles dois brasileiros, os atacantes Grafite e Nilmar.

O vencedor foi o português Cristiano Ronaldo, o gol foi marcado ainda com a camisa do Manchester United contra o Porto.

Confira a seleção da Fifa:

Casillas; Daniel Alves, John Terry, Vidic e Evra; Xavi, Iniesta, Gerrard e Messi; Fernando Torres e Cristiano Ronaldo.

Anúncios

Read Full Post »

Redação ABC

Após o título do Barcelona no Mundial de Clube da Fifa, com um gol do argentino Lionel Messi, apareceram pichações, palavrões e acusações de traição contra o craque do Barcelona. Porém, tudo isso foi no seu país. Isso mesmo, em La Plata, terra do Estudiantes, adversário batido na final.

Em entrevista ao jornal espanhol El País, Messi disparou contra aqueles que fizeram o ato de vandalismo. “Nada me irrita mais do que me dizerem que não sou argentino ou que não gosto de jogar pela alviceleste (seleção). O que eles sabem sobre os meus sentimentos”, desabafou o craque do Barcelona.

Para Lionel Messi, a indignação surgiu por sua saída precoce da Argentina, com apenas 13 anos o meia-atacante já estava no time catalão. “Como não joguei profissionalmente em nenhum time e não me viram crescer, talvez tenha ficado prejudicado, mas nada me faz mais feliz do que ser chamado para defender a Argentina. Moro na Catalunha, mas me sinto muito argentino”, finalizou.

Vale lembrar que Messi deu seus primeiros passos no futebol no Newell’s Old Boys e foi recusado em um teste pelo River Plate, em seguida que o craque se transferiu para a Europa.

Read Full Post »

Redação ABC

Messi não deve ter pensado que faria o gol da vitória do Barcelonda, sobre o Estudiantes, e sairia ileso?! Neste sábado (19), O jogador teve o nome pichado junto a xingamentos em La Plata, na Argentina.

Logo após a partida que deu o titulo de campeão mundial ao Barcelona, alguns muros na Argentina apareceram pichados com as inscrições “Messi não é argentino” e “Messi p…”.  O jogador é  até hoje questionado por não repetir com a camisa da seleção nacional o mesmo futebol apresentado no clube espanhol.

Na partida, o Estudiantes tinha o título na mão até os 44 minutos do segundo tempo, quando Pedro, de cabeça, fez o gol e conseguiu dar mais esperança a torcida Catalã. A partida foi para a prorrogação e, cerca de 35 minutos, foi o suficiente para Messi decidir de peito e dar ao Barcelona o primeiro título mundial.

Read Full Post »

Redação ABC

Colocar no peito o título de melhor jogador do mundo, não para qualquer um. Então, um peito se encarregou de mostrar que tem fibra para sustentar esse título: O de Lionel Messi. Ninguém teria o direito de brilhar nesta final sem ser o hermano. O ano é dele – Certo… O cara é argentino. Mas de perfeito no futebol só existiu um… E é brazuca.

O baixinho venceu, com o Barça, todos os campeonatos que disputou nesta temporada. Ele é o detentor da Bola de Ouro entregue pela revista francesa France Football e favorito ao título de melhor jogador do mundo pela Fifa. Para coroar ainda mais o ano, o título de melhor jogador do Mundial de Clubes foi dado ao meia.

Messi é o quinto sul-americano a conquistar a honraria, em seis edições do campeonato. Antes dele, os vencedores eram todos brasileiros: Edílson (Corinthians-2000), Rogério Ceni (São Paulo-2005), o naturalizado português Deco (Barcelona-2006) e Kaká (Milan-2007).

O único europeu da lista é o inglês Wayne Rooney, vencedor no ano passado com o Manchester United.

A Bola de Prata do Mundial 2009 ficou com outro sul-americano, o também argentino Verón, meia e capitão do vice-campeão Estudiantes. O espanhol Xavi, do Barcelona, faturou a Bola de Bronze. O troféu Fair Play foi para o clube mexicano Atlante, quarto colocado na classificação geral.

Com informações do Uol Esportes.

Read Full Post »

Redação ABC

O futebol e o Campeonato Espanhol estão em alta. Não é por menos, com uma competição recheada de astros e craques, a Espanha vive momentos de glórias no “mundo da bola”. Mas o prêmio de “Melhor do Mundo” da Fifa deve ficar mesmo com o argentino Lionel Messi, vencedor da Bola de Oura do revista France Football.

A relação com os cinco finalistas para o prêmio foi divulgada hoje (07) e nenhuma surpresa foi feita pela Fifa. O atual vencedor do título, Cristiano Ronaldo, o brasileiro Kaká, e os espanhóis Iniesta e Xavi, completam os nomes dos candidatos ao troféu mais cobiçado para jogadores.

Caso Messi fique com o troféu, será o primeiro argentino na história a levar o título de “Melhor do Mundo” da Fifa. O prêmio que foi criado em 1991 tem a supremacia de brasileiros. Ao todo, o Brasil conquistou oito vezes a honraria.

A decisão será anuncia em uma cerimônia promovida pela Fifa no dia 21 desse mês. O vencedor é escolhido através de uma votação realizada pelos treinadores e capitães das seleções nacionais – que não podem votar em atletas de sua nacionalidade.

Futebol feminino

Também serão cinco candidatas ao troféu. A brasileira Marta, atual vencedora do prêmio, irá concorrer com a compatriota Cristiane, a inglesa Kelly Smith e as alemãs Brigit Prinz e Inka Grings.

Read Full Post »